{ "data": [ { "event_name": "Purchase", "event_time": 1669743333, "action_source": "email", "user_data": { "em": [ "7b17fb0bd173f625b58636fb796407c22b3d16fc78302d79f0fd30c2fc2fc068" ], "ph": [ null ] }, "custom_data": { "currency": "BRL", "value": 1.99 } } ] "test_event_code:" "TEST50994" }
 

Como escolher os móveis certos pra sua casa

Comprar móveis pra casa não é como comprar uma roupa nova. Quando pensamos em mobiliário, já nos vem à mente ter que gastar uma boa quantia de dinheiro. Sendo assim, você pesquisa por diferentes opções em vários lugares até encontrar as peças certas pra compor o seu ambiente e deixá-lo com a sua cara. Tudo isso pra não ter aborrecimentos e arrependimentos, tanto com a qualidade do móvel, quanto com todo processo a se percorrer desde a compra até o móvel estar na sua casa devidamente montado. Vamos listar aqui, 5 dicas pra te ajudar na escolha do móvel ideal pra sua casa.


1 – Verificação do local de uso

Primeiramente, deve-se pensar no local de uso do móvel. Se ele vai ser em área interna ou externa, se vai ter muito fluxo de pessoas no local, se é um espaço de trabalho, descanso. Isso tudo se deve ao fato de que alguns materiais não são resistentes a umidade ou ao sol, como por exemplo o aço carbono ou uma madeira sem impermeabilização. Para áreas externas, é indicado o uso de alumínio, cordas, madeira e estofados devidamente impermeabilizados.


2 – Programa de necessidades

É importante levar em consideração a rotina nesse ambiente em que os móveis serão utilizados. Entender quais as suas necessidades pra esse ambiente e pro móvel, qual a finalidade do móvel, se esse móvel vai servir para guardar algumas coisas e se possível até ter as medidas dessas coisas pra acertar no tamanho do compartimento. Por exemplo, se você quer guardar discos de vinil no seu móvel, precisa-se saber a medida da embalagem do disco pra não ter erro na escolha.


3 – Espaço e proporções

Antes de pesquisar os seus móveis, é interessante você medir o espaço onde vai ser colocado pra não correr o risco de comprar algo muito grande que vai atrapalhar na circulação ou algo muito pequeno que fique desproporcional. Se for possível, você pode fazer marcações no chão com fita crepe e anotar em uma folha as medidas referentes aos móveis que você quer comprar. Com a fita crepe no chão, você consegue ter noção do espaço que aquele móvel vai ocupar e vai ter mais assertividade na sua escolha. Atente-se sempre às medidas nas descrições.


4 - O barato que sai caro

Pode ser clichê, mas é verdade. Um móvel com durabilidade e qualidade é feito de bons materiais e com fino acabamento, o que com certeza fará o móvel custar mais caro. Não estamos querendo dizer que todo móvel caro é bom, mas que um móvel bom, dificilmente vai ser barato. Pense que o seu mobiliário vai te acompanhar durante anos, então na hora de escolher, vale a pena gastar mais em alguns itens estratégicos e que vão deixar o ambiente com a sua cara. Não pense só no preço e sim no custo-benefício.


5 - Esquecer de verificar a procedência e idoneidade das empresas

Hoje em dia com todo acesso a informação que temos, é de extrema importância observar a história da empresa e os seus feedbacks. Veja se a empresa realmente entrega o que promete, veja se a empresa é de fácil contato e se por ventura algo acontecer, você será atendido e terá seu problema resolvido de alguma forma. Procure se atualizar sobre a empresa antes de qualquer negócio.


Agora vai ficar mais fácil escolher seus móveis. São dicas simples, mas que podem te poupar um gasto desnecessário em um móvel comprado errado.

A internet tá cheinha de lojas de móveis, agora é pesquisar e ir tirando da lista àquelas que não atendem aos seus requisitos.

E, se quiser uma dica extra: bora lá conferir a nossa loja, tem muitos móveis de muita qualidade e que, modéstia à parte, são lindos! :)

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo